Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pentágono confirma que míssil norte-coreano sobrevoou Japão

Logótipo de O Jogo O Jogo 29/08/2017 Administrator

O míssil disparado hoje pela Coreia do Norte sobrevoou o Japão, confirmou um porta-voz do Ministério da Defesa dos Estados Unidos em comunicado, sublinhando que não representa ameaça para a América do Norte.

"Determinámos que a Coreia do Norte fez um disparo de míssil nos últimos 90 minutos. Podemos confirmar que o míssil lançado pela Coreia do Norte sobrevoou o Japão", indicou o coronel Rob Manning, precisando que estão em curso mais análises em relação ao lançamento.

"Um projétil não identificado" foi disparado de Sunan, perto de Pyongyang, às 05:57 locais de terça-feira (21:57 de segunda-feira em Lisboa), referiu em comunicado o estado-maior sul-coreano, explicando que o projétil foi lançado em direção a leste e "por cima" do Japão.

O primeiro-ministro japonês, Shinzo Abe, pediu uma reunião urgente do Conselho de Segurança da ONU e afirmou, em declarações à imprensa, que este disparo "inaceitável" representa "uma ameaça grave e sem precedentes que prejudica consideravelmente a paz e a segurança na região".

O Japão vai tomar "todas as medidas" necessárias para assegurar a segurança da população, declarou o primeiro-ministro.

Segundo um porta-voz do primeiro-ministro japonês, o míssil sobrevoou a ilha de Hokkaido, no norte do país, e caiu em águas do Pacífico a 1.180 quilómetros da costa japonesa.

"Não foi causado qualquer dano a aviões ou navios" na zona, acrescentou.

No sábado, a Coreia do Norte disparou três mísseis de curto alcance no mar do Japão, quando milhares de soldados norte-americanos e sul-coreanos participavam em manobras na península.

Estes lançamentos ocorrem num contexto de tensão exacerbada entre Washington e Pyongyang.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon