Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pepa: "Menos de boca e mais de ação"

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/03/2017 Hugo Monteiro

Pepa, treinador do Tondela, comenta o empate em casa do Moreirense.

© Octávio Passos/Lusa

O Tondela empatou a um golo em Moreira de Cónegos e continua a quatro pontos de diferença. Pepa defende que a equipa merecia mais do jogo.

"Sem retirar valor ao Moreirense, a verdade é que ficámos condicionados [pelas lesões]. A primeira defesa do Cláudio foi aos 77 minutos. Foi aí que a equipa começou a quebrar. Tenho de realçar a qualidade de jogo principalmente na primeira parte", começou por dizer.

"Saímos daqui amargurados porque sentimos que tivemos tudo para fazer o segundo golo. Estávamos de rastos porque estávamos condicionados. Não podíamos mexer mais. Os jogadores estão frustrados, mas com o sentimento de que deram tudo lá dentro. Menos de boca e mais de ação. Saímos com o sentimento de que tudo fizemos para levar os três pontos", completou o treinador.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon