Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Petkovic diz que Suíça não vai jogar para o empate na “final” com Portugal

Logótipo de LusaLusa 09/10/2017 Marco Oliva

Lisboa, 09 out (Lusa) - O selecionador suíço de futebol classificou hoje o encontro de terça-feira com Portugal como uma "final" e assegurou que os helvéticos não vão jogar para o empate, na última jornada do Grupo B de qualificação para o Mundial2018.

“Estou muito orgulhoso da minha equipa e confiante que podemos decidir o próximo jogo a nosso favor. É quase uma final e as finais são para se ganhar. Tudo iremos fazer para ganhar”, afirmou Vladimir Petkovic, em conferência de imprensa.

O técnico, que fazia a antevisão do derradeiro e decisivo encontro de apuramento, recusou que a formação suíça entre no Estádio da Luz a pensar no empate, apesar de ocupar a liderança do grupo, com mais três pontos do que o conjunto luso.

URS FLUEELER/KEYSTONE © EPA / URS FLUEELER URS FLUEELER/KEYSTONE

"Não sabemos jogar para o empate e já o demonstrámos. Sabemos lidar com várias situações de jogo e, apesar de jogarmos fora, em Portugal, tudo iremos fazer para ganhar", vincou, antecipando um "jogo emotivo".

De resto, Petkovic disse que a Suíça, vencedora de todos os nove encontros de apuramento, incluindo a receção à formação das ‘quinas’ (2-0), não vai mudar a "filosofia de jogo" nesta partida, mesmo tendo pela frente Cristiano Ronaldo.

"Amanhã (terça-feira), não vamos jogar contra o Cristiano Ronaldo. Ele é um excelente jogador, mas vamos ter pela frente uma equipa que é campeã europeia. Portugal continua a ser favorito e tudo o que fez não foi obra do acaso. No entanto, queremos contrariar esse favoritismo”, concluiu.

Já o ‘capitão' suíço, Stephan Liechsteiner, considerou que este será "um jogo importante" para o conjunto helvético.

"Temos a possibilidade de nos qualificarmos para o Mundial. É um jogo importante para todos os jogadores. Temos de procurar fazer o nosso jogo, como temos feito até aqui. Estar concentrados, ter confiança e procurar construir oportunidades", referiu.

O lateral, de 33 anos, que alinha nos italianos da Juventus, abordou igualmente o duelo com Cristiano Ronaldo, ainda que ressalvando que a Suíça tem de "pensar em Portugal enquanto equipa".

"Jogar contra Ronaldo é sempre um grande desafio, mas o importante é que todos nós pensemos em Portugal enquanto equipa. Já joguei duas ou três vezes contra o Cristiano Ronaldo, tive bons e maus resultados, mas amanhã (terça-feira) espero superar este desafio", afirmou.

Portugal, segundo classificado do Grupo B, com 24 pontos, menos três do que a Suíça, necessita de vencer a formação helvética para conquistar o sétimo apuramento para fases finais de Mundiais, o quinto consecutivo.

O Portugal-Suíça está agendado para as 19:45 e vai ser arbitrado pelo turco Cüneyt Çakir.

MYO (LG) // PFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon