Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Phil Neville contra beijos e abraços: "Parece que vão para um batizado"

Logótipo de O Jogo O Jogo 08/05/2017 Alcides Freire
. © Fornecido por O jogo .

O antigo jogador do Manchester United não gosta de ver os jogadores de equipas adversárias aos abraços antes dos jogos, como no último jogo entre o Arsenal e o United

Phil Neville, antigo jogador do Manchester United, agora comentador da televisão inglesa, reagiu à confraternização entre jogadores do Arsenal e do Manchester United no encontro de domingo. A televisão mostrava imagens de Petr Cech e De Gea abraçados, quando Neville não conteve um comentário curioso: "Isto não faz sentido nenhum, parece que vão para um batizado e não para um jogo de futebol. Não suporto ver jogadores assim. Olhem para o Rooney, da velha guarda, a olhar em frente, sem beijinhos, nem abraços".

"Não estou a ver isto acontecer há uma dezena de anos com o Martin Keown, no túnel de Highbury. Não interessa se são conhecidos, ou amigos, Podem sempre encontrar-se num bar, no final do jogo. Antes de entrarem em campo precisam de estar concentrados, são como inimigos. Mas os jogadores de hoje são assim mesmo. Odiava quando os jogadores franceses eram assim", acrescentou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon