Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pinto da Costa concorda e deixa reparo a Fernando Gomes: "Levo-lhe a France Football"

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/09/2017 Francisco Sebe
© Pedro Correia/Global Imagens

Após o triunfo do FC Porto no Mónaco (3-0), o presidente do clube azul e branco dirigiu-se ao presidente da Federação Portuguesa de Futebol e desvalorizou a polémica em redor da arbitragem.

Pinto da Costa falou aos jornalistas após o triunfo do FC Porto no Mónaco, por 3-0, esta terça-feira, mas não enalteceu o triunfo do clube azul e branco. O dirigente máximo dos dragões optou por se dirigir a Fernando Gomes, concordando com o alerta feito pelo presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), deixando-lhe, no entanto, um reparo.

"Acho muito bem essa chamada de atenção e, para tudo o que seja ajudar, estou disponível. Levo-lhe [a Fernando Gomes] a France Football desta semana, que tem um artigo em que diz que o futebol português está decadente e aponta vários factos, como o de, em Portugal, haver um clube que tem uma claque que já esteve envolvida em incidentes que levaram à morte de adeptos adversários e em que nada se fez. Isso devia preocupar também o Fernando Gomes, não é o que dizem os dirigentes, jornalistas e 'opinion makers'. Isso é que é grave, um clube ter uma claque ilegal que é motivo de chacota", atirou Pinto da Costa, desvalorizando o clima de tensão em redor da arbitragem portuguesa:

"Os árbitros não correm risco nenhum e acho ridículo. Sabem muito bem que há anos que as televisões têm pessoas que não sabem nada de futebol e alimentam programas a falar de árbitros. Há um programa a que acho muita graça. Vejo um jogo, depois vejo o programa e começam logo a falar do árbitro, pessoas que não percebem nada de futebol. É triste mas é a realidade", rematou o presidente do FC Porto.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon