Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pizzi comenta saídas e explica motivação para a nova época

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/07/2017 Hugo Monteiro

Médio já se juntou aos companheiros em Birmingham, onde o Benfica prepara a participação na Emirates Cup.

Chegada ao estágio: "É uma alegria enorme estar junto do meu grupo de trabalho. Agora temos de, todos juntos, trabalhar para fazer uma grande época".

Dois jogos exigentes na Emirates Cup: "Vão ser mais dois bons jogos de preparação. Todos os jogos que fizemos até agora foram contra rivais exigentes. Vão ser importantes para estarmos bem no dia 5 [Supertaça]. Agora temos de assimilar os processos do mister, as novas ideias e construir um bom plantel, que é o mais importante neste momento para conseguir o primeiro objetivo, que é ganhar a Supertaça".

Equipa mais fraca com as saídas?: "Não. O Benfica é um clube vendedor e que está acostumado a vender jogadores. É normal. Saíram Ederson, Lindelof e Nélson Semedo, são grandes amigos mas a vida continua. Temos jogadores capazes de suplantar as ausências e vamos formar um grupo forte".

destaquenaoperca8659814

Possibilidade de deixar o Benfica: "Estou feliz aqui. Estou junto dos meus companheiros e estou feliz desde o primeiro dia que aqui cheguei".

Surpreendido com Seferovic?: "Não fiquei. Todos os jogadores que estão aqui têm qualidade. O Seferovic, junto dos nossos companheiros, tem vindo a fazer jogos. É muito bom para nós, mas não quero estar a destacar um só jogador".

Motivação para uma época complicada: "A motivação é sempre a mesma, vencer todos os jogos e ganhar as competições em que estamos presentes. Este ano não vai fugir à regra. Trabalhamos todos os dias para conseguir isso. O nosso objetivo é revalidar o título e é isso que vamos fazer".

© EPA/TIAGO PETINGA

Concorrência: "É uma luta saudável, não só na minha posição. Já tínhamos jogadores de bastante qualidade e agora é dar tudo no treino para o mister decidir quem joga".

Expectativas pessoais: "São sempre as mesmas, trabalhar no limite para ajudar os meus companheiros nos objetivos coletivos. Todos sabem que fiz uma boa época mas sou ambicioso e quero sempre mais. Vou trabalhar forte esta época para conseguir ser ainda melhor jogador".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon