Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Plano de Pormenor do Cais do Ginjal, em Almada, em discussão pública até 2018

Logótipo de O Jogo O Jogo 24/08/2017 Administrator

O Plano de Pormenor do Cais do Ginjal, localizado na zona ribeirinha de Almada, está em discussão pública a partir de hoje e até 19 de fevereiro de 2018, segundo uma nota publicada no 'site' da autarquia.

O Cais do Ginjal, que compreende uma frente ribeirinha superior a 80 mil metros quadrados, possui uma área de um quilómetro de extensão de ligação ao Tejo.

Situa-se entre o Jardim do Rio e o terminal fluvial de Cacilhas.

Segundo informação da Câmara Municipal de Almada, no distrito de Setúbal, na sua página da internet, o objetivo é "reabilitar o cais ribeirinho e criar habitação, hotelaria, comércio, serviços, apartamentos turísticos, espaços públicos, mercados das artes e diversos equipamentos de apoio".

O Plano de Pormenor prevê ainda a construção de um total de 330 novos fogos, bem como a construção de um silo automóvel.

Esta nova infraestrutura, que terá capacidade de estacionamento para cerca de 500 veículos, vai ainda proporcionar uma nova ligação entre a cota baixa do rio (cais do Ginjal) e a cota alta da cidade, junto à Quinta do Almaraz.

"A sua localização, entre o Jardim do Rio, em Almada, e o terminal fluvial de Cacilhas, apresenta uma vista única para o rio Tejo e para Lisboa", sublinha a nota.

A proposta de Plano e toda a documentação com ele relacionada estarão disponíveis para consulta a partir de hoje no 'site' da autarquia, na Direção Municipal de Obras e na Junta de Freguesia da Cacilhas.

O Plano de Pormenor foi apresentado a 19 de julho pela Câmara de Almada e estará em discussão pública durante 120 dias.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon