Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Polícia detém suspeitos de violação coletiva de três menores no centro de Moçambique

Logótipo de O Jogo O Jogo 11/07/2017 Administrator

A Polícia de Tete, centro de Moçambique, deteve dois homens alegadamente envolvidos numa violação coletiva de três menores naquela cidade, disse hoje à Lusa fonte da corporação.

Os dois detidos são o proprietário da casa, palco do crime, e um dos raptores das vítimas, todas com 16 anos.

As raparigas foram raptadas cerca das 22:00 de segunda-feira, e conduzidas a uma habitação na unidade de Canongola, bairro Samora Machel, na cidade de Tete, onde estavam já outros seis membros do grupo, disse à Lusa, Leonel Muchina, porta-voz da polícia de Tete.

"As três raparigas regressavam da escola quando foram abordadas por dois homens que, com recurso a armas brancas, forçaram-nas a dirigir-se a uma residência, onde viriam a ser violadas", acrescentou, referindo que o crime chocou os moradores.

Os dois detidos foram apanhados horas depois da violação, após denúncia do caso, numa altura em que tentavam fugir para outra cidade.

As vítimas sofreram vários ferimentos e apresentaram queixa na esquadra da polícia.

"Estamos a trabalhar nas investigações para neutralizar os restantes seis homens. Os dois detidos confessaram o crime, incluindo o dono da casa" precisou Leonel Muchina.

Estatísticas do Ministério da Saúde de Moçambique indicam que o número de casos de violação sexual aumentou 25% comparativamente a igual período do ano anterior.

Entre janeiro e março, mais de 60% dos 69 casos registados tiveram como vítimas crianças com menos de 15 anos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon