Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Portimonense perde com Sheffield Wednesday

Logótipo de O Jogo O Jogo 19/07/2017 O Jogo

Particular de Albufeira termina com vitória de equipa inglesa orientada por Carlos Carvalhal

O Portimonense perdeu por 1-0, com os ingleses do Sheffield Wednesday, equipa do segundo escalão inglês treinada pelo português Carlos Carvalhal, num particular disputado em Albufeira.

© Fornecido por O jogo

No Estádio Municipal de Albufeira, Adam Reach, aos 25 minutos, assinou o único golo do jogo.

A partida ficou marcada pela lesão do avançado algarvio Pires, melhor marcador da II Liga em 2016/17, que fraturou o maxilar esquerdo, após um choque com um adversário.

Para o treinador do Portimonense, Vítor Oliveira, trata-se de um contratempo, não só para o jogador, mas para a equipa, já que Pires deverá falhar o início da temporada.

O técnico algarvio considerou que o jogo com o Sheffield Wednesnday foi um bom teste para a turma de Portimão.

"Foi um jogo muito intenso, com duas partes distintas, que permitiu avaliar a equipa, tendo sido, talvez o melhor jogo de preparação que efetuámos até agora", disse Vítor Oliveira.

Por seu turno, Carlos Carvalhal, o treinador português ao serviço dos ingleses do Sheffield Wednesnday, considerou que o particular "serviu para preparar a equipa, tendo como objetivo superar o difícil campeonato da segunda divisão inglesa".

"Apesar do resultado, a equipa respondeu bem frente ao Portimonense. A máquina está bem oleada a funcionar bem, dando boas indicações para um bom campeonato", destacou o técnico.

Carlos Carvalhal acredita que o Sheffield tem condições para subir de divisão, já que manteve, praticamente, toda a equipa e entrou apenas um jogador.

"Vai ser um campeonato terrível para o Sheffield, embora sejamos uma das boas equipas do campeonato. Vamos procurar jogar bom futebol e manter o nosso estilo, tentar ganhar jogos e chegar às primeiras posições", sublinhou.

Carvalhal acredita que no terceiro ano ao serviço da formação inglesa conseguirá a subida que lhe fugiu nas duas últimas temporadas: "Vamos tentar melhorar, mas o grau de dificuldade tem aumentado de ano para ano. Este ano estou em crer que vai ser ainda mais difícil, porque em 24 equipas há 20 que querem subir".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon