Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Portugal é favorito ao Mundial, diz selecionador

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/03/2017 Ireneu Ribeiro

O selecionador Mário Narciso vai às Bahamas com uma equipa para revalidar o título mundial

Mário Narciso assumiu hoje o favoritismo de Portugal no Mundial de 2017 de futebol de praia e defendeu que a seleção tem de estar preparada para defrontar qualquer equipa rumo à revalidação do título.

"Assumimos o favoritismo, não só por sermos os campeões em título, mas por sermos uma seleção com grande qualidade. Temos de assumir sempre, Portugal nunca pode deixar de ser favorito. É com este espírito que os jogadores vão encarar a competição", sublinhou o selecionado nacional em declarações ao sítio da Federação Portuguesa de Futebol na internet.

O sorteio realizado esta quarta-feira, em Nassau, Bahamas, ditou que os detentores do título mundial e Europeu vão defrontar o Paraguai, o Panamá e o vice-campeão asiático no Grupo C da fase final do Mundial de 2017, que se realiza nas Bahamas, entre 27 de abril e 07 de maio.

"É um sorteio, para nós, incompleto, pois uma das equipas ainda não foi apurada, o segundo da confederação da Ásia. O Paraguai é uma equipa que já conhecemos bem, muito bem orientada, bem trabalhada taticamente, com jogadores bons tecnicamente, por isso vai ser um adversário duro de roer. O Panamá é uma equipa que, embora os jogadores não sejam tecnicamente um portento, não param, do primeiro ao último minuto, durante um segundo que seja. Usam muito o jogo direto, têm um jogo pouco elaborado, mas formam uma equipa que vai dar trabalho", analisou o técnico.

Segundo ditou o sorteio realizado em Nassau, a formação comandada por Mário Narciso estreia-se a frente ao Panamá, a 28 de abril, defronta o Paraguai, a 30, e fecha o agrupamento a 02 de maio, face ao segundo classificado do campeonato asiático, que se realiza de 04 a 11 de março, na Malásia.

. Espinho (Portugal) 19/07/2015.- Portugal's Torres (C) lifts the trophy as his teammates celebrate after winning the FIFA Beach Soccer World Cup Portugal 2015 final between Portugal and Tahiti in Espinho Portugal 18 July 2015. Portugal won 5-3. (Mundial de Fútbol) EFE/EPA/FERNANDO VELUDO © Fornecido por O jogo . Espinho (Portugal) 19/07/2015.- Portugal's Torres (C) lifts the trophy as his teammates celebrate after winning the FIFA Beach Soccer World Cup Portugal 2015 final between Portugal and Tahiti in Espinho Portugal 18 July 2015. Portugal won 5-3. (Mundial de Fútbol) EFE/EPA/FERNANDO VELUDO

Para seguirem em frente, Portugal precisa de ficar nos dois primeiros lugares do Grupo C, que, nos quartos de final, cruza com o D, composto por Brasil, o vice-campeão em título Taiti, Polónia e o terceiro colocado do campeonato da Ásia.

"Em relação ao cruzamento com o Grupo D nos quartos-de-final, há o Tahiti, o Brasil, mas também a Polónia. Se queremos chegar longe e revalidar o título, temos de estar preparados para jogar com qualquer equipa. Vamos tentar ser primeiros, pois assim talvez consigamos fugir ao Brasil. Temos é de nos concentrar em ganhar os nossos jogos do grupo", frisou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon