Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Portugal cria Centro Cultural Português em Berlim

Logótipo de O Jogo O Jogo 10/10/2017 Administrator

Portugal vai criar um Centro Cultural Português em Berlim para "promover a língua e a cultura portuguesas" e contribuir para "o reconhecimento da imagem" do país na Alemanha, segundo um despacho do Governo hoje publicado em Diário da República.

O "Camões -- Centro Cultural Português em Berlim" é criado para "conferir o adequado enquadramento às atividades que integram a ação cultural externa em Berlim, com o objetivo de promover a língua e a cultura portuguesas contribuindo para a promoção e reconhecimento da imagem de Portugal na Alemanha".

Segundo o despacho, assinado pelo ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva, - que tutela o Camões -- Instituto da Cooperação e da Língua -, e pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, o Centro Cultural Português em Berlim "goza de autonomia administrativa e atua sob a dependência funcional do chefe de missão diplomática".

Estas atividades eram desenvolvidas, até agora, pela secção cultural da embaixada portuguesa na capital alemã.

De acordo com a informação disponibilizada na página da internet do Camões, Portugal dispõe de centros ou secções culturais a funcionar em 16 países: Alemanha, Angola, Brasil, Cabo Verde, China, Espanha, França, Guiné-Bissau, Índia, Japão, Luxemburgo, Marrocos, Moçambique, São Tomé e Príncipe, Tailândia e Timor-Leste.

Os centros culturais são "espaços de cultura cuja principal finalidade é promover a língua e cultura portuguesas segundo princípios de interculturalidade, impulsionando a diversidade cultural no mundo, contribuindo para o reconhecimento da imagem de Portugal em diversas vertentes e setores, a nível europeu e mundial", afirma o Camões.

Estes centros visam ainda contribuir para "a vitalidade da economia portuguesa e europeia da cultura, nomeadamente pelo fomento da participação dos artistas, dos profissionais da cultura e da sociedade civil, em benefício do dinamismo e do intercâmbio de bens e serviços culturais com países terceiros", acrescenta.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon