Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Portugal sub-19: sai uma geração de ouro

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/07/2017 Alcides Freire
© Fornecido por O jogo

Pela primeira vez, Portugal pode conquistar dois Europeus seguidos com a mesma espinha dorsal - há onze repetentes do triunfo do ano passado nos sub-17. O selecionador é um antigo campeão mundial de sub-20

No dia 21 de maio de 2016, Portugal conquistava o Europeu de sub-17 frente à Espanha, no desempate por grandes penalidades. Um ano e cerca de dois meses depois, este mesmo grupo de trabalho - o treinador Hélio Sousa manteve nos sub-19 onze jogadores desse lote de campeões - pode conquistar novo título europeu, uma continuidade inédita no futebol jovem português, algo que nem a Geração de Ouro (de Figo, Rui Costa, Paulo Sousa...) logrou.

Portugal amealhou então o sexto título europeu de sub-17, 13 anos depois do último, estando agora a três da Espanha e mostrando que, nessa categoria, os ibéricos não dão veleidades aos rivais. A história nos sub-19 é totalmente diferente: a Seleção levantou três vezes o troféu, mas na altura em que se chamava Europeu de sub-18 (em 1961, 1994 e 1999), pelo que desde 2002, ano que se alterou a idade para sub-19, não mais ergueu o caneco. E não foi por falta de oportunidade; aliás, os finalistas Portugal e Inglaterra perderam ambos duas finais de sub-19, pelo que vamos ter um campeão estreante. Em 2003, a Itália venceu Portugal na final por 2-0. Uma Seleção onde alinhavam futuros internacionais como João Pereira ou Hugo Almeida não chegou para travar nomes como os de Chiellini ou do ex-leão Aquilani, considerado o melhor jogador do certame. Mais recentemente, em 2014, nova derrota na final, agora para a Alemanha (1-0), com destaque para os cinco golos apontados por André Silva na prova. A Espanha é a seleção mais rotinada a vencer de forma seguida, especialmente na era de Lopetegui, ex-treinador do FC Porto. As mesmas gerações (em 1995/96, 2001/02, 2011/12 e 2012/13) venceram torneios seguidos. Para além de "nuestros hermanos", a Itália (sub-19 em 2003 e sub-21 em 2004) e a França (sub-17 em 2015 e sub-19 em 2016) também venceram com as mesmas gerações de atletas. Pode ter chegado a vez de Portugal.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon