Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Portugal vence Israel no apuramento para o Mundial2018

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/05/2017 Mónica Santos

Na sexta-feira, a seleção portuguesa tem um encontro importante com a líder invicta Eslovénia, em que só a vitória interessa para manter intactas as hipóteses de apuramento.

A seleção portuguesa de voleibol venceu, esta quarta-feira, Israel, por 3-1, em Ljubljana, na Eslovénia, alcançando, ao segundo jogo, a primeira vitória no Grupo C da fase de qualificação europeia para o Mundial2018.

Depois de, na quarta-feira, ter perdido de 3-0 no encontro inaugural, frente à Bélgica, Portugal impôs-se a Israel, pelos parciais de 25-19, 25-21, 24-26 e 25-12, e mostrou credenciais para discutir o apuramento.

No último jogo da 2ª jornada, depois de Eslovénia e Bélgica terem somado o segundo triunfo por 3-0, frente à Letónia e à Geórgia, que as coloca irmanadas no topo do Grupo C, Portugal estava obrigado a vencer Israel e somar o máximo de pontos.

Com um 'seis' inicial sem Alexandre Ferreira, Marco Ferreira e Miguel Tavares Rodrigues, , em relação ao jogo com a Bélgica, substituídos por Valdir Sequeira, João Simões e Tiago Violas, Portugal atingiu o primeiro tempo técnico dois pontos atrás de Israel (6-8), mas recuperou no segundo (16-14).

Depois de chegar aos 21-18, a seleção portuguesa, bem nas ações de serviço e no ataque, teve um final de parcial irrepreensível e fechou aos 25-19, em 25 minutos.

Portugal manteve a mesma atitude no segundo parcial, que liderou de início (8-6). Os israelitas reagiram e viraram para 16-13, mas Portugal voltou a assumir o controlo e, em 29 minutos, ganhou por 25-21.

No terceiro parcial, quando tudo parecia indicar que a seleção portuguesa fecharia o jogo em 3-0, depois de ter estado em vantagem aos 8-4, 16-10 e 21-17, Israel surpreendeu e venceu por 26-24, em 31 minutos, e reduziu para 2-1.

O selecionador Hugo Silva puxou as orelhas aos jogadores, alertando-os para os erros cometidos no parcial anterior, e a resposta não se fez esperar, com Portugal a vencer por esclarecedores 25-12, em 24 minutos, depois de 8-4, 16-8 e 19-9 nos períodos intermédios.

O mais experiente e internacional dos jogadores portugueses em Ljubljana, Valdir Sequeira, com 25 pontos, esteve em plano de destaque na concretização, seguido de Lourenço Martins, com 17.

Na sexta-feira, a seleção portuguesa tem um encontro importante com a líder invicta Eslovénia, em que só a vitória interessa para manter intactas as hipóteses de apuramento.

O vencedor do grupo apura-se diretamente para a fase final do Mundial2018, a organizar em conjunto por Itália e Bulgária, enquanto o segundo classificado qualifica-se para uma terceira ronda, a disputar em julho.

Portugal - Israel, 3-1

Jogo no Dvorana Center Stozice, em Ljubljana

Parciais: 25-19 (25 minutos), 25-21 (29), 24-26 (31) e 25-12 (24)

Sob a arbitragem de Bogdan Laurentiu Stoica (Roménia) e Olivier Guillet (França) as equipas alinharam com:

© Fornecido por O jogo

Portugal: Lourenço Martins, Filip Cveticanin, Valdir Sequeira, João Simões, Marcel Gil e Tiago Violas - 'seis' inicial. Jogaram ainda Ivo Casas (líbero), Marco Ferreira, Alexandre Ferreira, Phelipe Martins e Miguel Tavares Rodrigues

Selecionador: Hugo Silva

Israel: Genadi Sokolov, Shon Moshe Kssel, Yuval Finkelstein, Viacheslav Batchkala, Dmitri Zemlianukhin e LLiya Goldrin - 'seis' inicial. Jogaram ainda Noam Hannoun (libero), Michael Hilstein, Dolev Moshe Libling, Sagin Boukine, Alexander Osakin e Shalev Saada

Selecionador: Grzegorz Rys

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon