Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Próximas eleições? Espero não me candidatar, mas vou ter de o fazer, de certeza absoluta"

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/05/2017 Alcides Freire

O candidato da lista B à presidência do Braga, António Pedro Peixoto, falou sobre o resultado das eleições

© Paulo Jorge Magalhaes

António Pedro Peixoto reagiu à derrota nas eleições para a presidência do Braga, aproveitando para dar os parabéns a António Salvador.

"Antes de mais, queria dar os parabéns à lista vencedora e ao António Salvador. A sorte do António Salvador será a sorte do Braga. Tenho de agradecer a esta lista, à minha família e a todas as pessoas que nos ajudaram. Posso dizer que foi uma boa votação, mas estou muito triste. Não vou estar aqui com muitos rodeios. Estou muito triste", começou por afirmar António Pedro Peixoto, em declarações à Sporttv.

O candidato da lista B admitiu ainda a possibilidade de se candidatar no próximo ato eleitoral, destacando também que o nunca teve o objetivo de "mexer com a lista contrária".

"Eu espero não me candidatar, mas vou ter de o fazer de certeza absoluta. Tenho quase a certeza. Mas volto a repetir: Deus queira que esteja enganado. Mas estou a ver que terei de me candidatar daqui a quatro anos", atirou.

"Não foi meu objetivo mexer com a lista contrária. Temo seu o mérito e nunca me virei para a outra lista. Com todo o respeito, não me interessa a lista contrária. Quero que o Braga cresça. Tínhamos tanto para dar a este clube que tenho pena de não o poder dar. Eu vou estar lá quando começar a época. Não vou dizer mal de tudo. Quando tiver de dizer bem, direi. Quando tiver de dizer mal, também o farei", acrescentou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon