Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

PR elogia Força Aérea na Frontex, "um dos grandes sucessos europeus"

Logótipo de O Jogo O Jogo 18/09/2017 Administrator

O Presidente da República elogiou hoje "a excelência" dos militares da Força Aérea Portuguesa que estão ao serviço da Frontex e apontou esta agência de controlo de fronteiras como "um dos grandes sucessos europeus".

Acompanhado pelo chefe do Estado-Maior da Força Aérea, general Manuel Rolo, Marcelo Rebelo de Sousa foi conhecer no terreno as operações da Frontex ao largo de Málaga, Espanha, onde embarcou numa aeronave C-295, configurada para missões de vigilância, reconhecimento e busca e salvamento marítimos.

Em declarações aos jornalistas, na Base Aérea de Málaga, o chefe de Estado e Comandante Supremo das Forças Armadas considerou que a Agência Europeia de Gestão da Cooperação Operacional nas Fronteiras Externas dos Estados-Membros da União Europeia (Frontex) "é um dos grandes sucessos europeus", que conta com o empenhamento de Portugal.

"A Europa tem alguns sucessos, tem alguns insucessos. Este é um grande sucesso, na área do flanco sul da Europa, que durante muito tempo foi uma área um bocadinho esquecida por alguns dos nossos parceiros europeus", afirmou.

Sobre o voo que fez no C-295, de cerca de uma hora, Marcelo Rebelo de Sousa relatou ter visto os militares portugueses "fixar alvos", verificando "se não haveria tráfico de drogas ou imigrantes ilegais" em embarcações, e também "averiguando se existia ou não poluição marítima".

"E tudo isso foi acompanhado a uma distância enorme, não é possível para os próprios terem a noção de que estão a ser acompanhados, e com um rigor preciso", elogiou, acrescentando que "é impressionante a sofisticação do controlo e a qualidade dos homens que fazem este controlo".

O Presidente da República disse ter comprovado "a qualidade, a excelência dos portugueses" ao serviço da Frontex, e agradeceu o contributo dos que estão a terminar agora a sua missão.

"Segue-se outra missão, que pode ir até ao final de janeiro", referiu.

No final da visita, dirigindo-se aos militares portugueses, o chefe de Estado declarou que a sua visita não era "fruto do acaso", mas sim "muito intencional" e traduzia "o reconhecimento do papel fundamental da Frontex".

"É dos sucessos da União Europeia", reiterou.

Marcelo Rebelo de Sousa voltou a elogiar "a excelência" da Força Aérea Portuguesa e, em nome de Portugal, agradeceu a cada um dos presentes a sua formação e preparação, as suas qualidades e o trabalho que fazem, salientando o reconhecimento que têm por parte da Frontex.

"Faz-me partir de coração cheio. Vim com grande expectativa, vou feliz", declarou.

A Força Nacional Destacada em Málaga é constituída por 14 militares da Esquadra 502 - "Elefantes" - (mais um oficial de ligação em Madrid), com uma aeronave C295, operando a partir daquela base militar em missões de monitorização do narcotráfico, imigração ilegal, deteção de poluição marítima e pesca ilegal no mediterrâneo.

Entre as várias missões realizadas, destaca-se uma operação no passado dia 28 de maio, em que pela primeira vez na história da Esquadra 502, com a aeronave C295, foi acionado o equipamento das balsas de salvamento (KIT-MA1), que permitiu o resgate bem-sucedido, sem vítimas, de 34 migrantes a bordo de uma embarcação que sofreu uma explosão.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon