Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

PR/México: Portugal com balança comercial positiva e exportações de bens a subir

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/07/2017 Administrator

O Presidente da República inicia no domingo uma visita ao México, país com o qual Portugal tem uma balança comercial positiva, com as exportações de bens a subir entre janeiro a maio, face ao ano passado.

Marcelo Rebelo de Sousa vai estar nos Estados Unidos Mexicanos, em visita de Estado, até terça-feira, acompanhado pelo ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral.

Segundo dados do Instituto Nacional de Estatística (INE), entre janeiro e maio deste ano as exportações de bens para o México aumentaram 45,1% face a igual período de 2016, para 113,3 milhões de euros, enquanto as importações caíram 34,6%, para 29,1 milhões de euros.

Nos cinco primeiros meses de 2017, o México foi o 23.º cliente de bens portugueses, mas apenas o 60.º fornecedor.

No total do ano passado, as exportações de bens para o México atingiram 227,4 milhões de euros, e as importações deste país foram no valor de 157,2 milhões de euros.

Em 2016, o México foi o 25.º cliente de bens de Portugal, com uma quota de 0,45%, e o 36.º fornecedor, com uma quota de 0,10%.

O número de empresas portuguesas que exportam para o México tem aumentado nos últimos anos, tendo passado de 524, em 2012, para 740, em 2016, de acordo com o INE.

Os principais grupos de produtos exportados para o México são máquinas e aparelhos (66 milhões de euros em 2016), plásticos e borracha (26,5 milhões de euros) e metais comuns (26,1 milhões de euros), enquanto as importações são constituídas essencialmente por combustíveis minerais (65,1% do total).

O comércio com o México é sobretudo relevante em termos de bens, e tem sido globalmente favorável a Portugal.

A balança comercial de bens e serviços, segundo o Banco de Portugal, teve um saldo positivo de 92,5 milhões de euros em 2016, com 272,4 milhões de euros de exportações portuguesas para o México e 180 milhões de euros de importações.

Com cerca de 127 milhões de habitantes, o México é um dos maiores países em população e superfície e uma das grandes economias emergentes, no grupo das vinte com maior volume comercial a nível global, que exporta maioritariamente para os Estados Unidos.

No plano económico regional, faz parte do Acordo Norte-Americano de Livre Comércio (NAFTA), com os Estados Unidos e o Canadá - que o atual Presidente norte-americano, Donald Trump, pretende rever -, e da Aliança do Pacífico, juntamente com Peru, Colômbia e Chile, bloco económico favorável ao comércio livre.

O México tem um Acordo de Parceria Económica, de Concertação Política e de Cooperação com a União Europeia, assinado em 1997 e em vigor desde o ano 2000, que está atualmente em renegociação.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon