Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

"Preciso que me prometam minutos"

Logótipo de O Jogo O Jogo 12/06/2017 Alcides Freire

A gozar férias na Lituânia, onde tem apurado a forma física, o camisola 33 admite que pode procurar outros destinos caso continue fora das opções do técnico, como sucedeu no final da última época

© Filipe Amorim

Protagonista de uma temporada de autêntico pesadelo, onde uma lesão grave no joelho e duas saídas por empréstimo "anuladas" o impediram de somar qualquer minuto, Spalvis não esconde a fome de bola para 2017/18 e, garantindo ter a intenção de singrar no Sporting, pede, porém, uma "oportunidade realista" de mostrar o seu valor. "Eu preciso de jogar. É óbvio que o quero fazer no Sporting, mas preciso que me prometam que vou somar minutos. Quero uma oportunidade realista de jogar. Sou um jogador de futebol, tenho espírito competitivo e, tal como todos os outros, quero jogar o máximo de tempo possível. Estou com fome de bola e confiante para a próxima época", garantiu o avançado a O JOGO.

A gozar de um período de férias na Lituânia, onde tem apurado a forma física, o camisola 33 admitiu ponderar um cenário de empréstimo caso continue fora das opções de Jorge Jesus durante os trabalhos de pré-época. "Teria sido ótimo ter somado alguns minutos na última época, quando já estava recuperado da lesão, mas não foi possível. Não posso continuar nesta situação", atirou o internacional lituano, revelando o teor da última (e curta) conversa que teve com o técnico: "Antes de viajar para férias, a única coisa que o Jesus me disse foi a data de início dos trabalhos. Nada mais."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon