Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Presidente do Bayern Munique pede tempo para Renato Sanches

Logótipo de LusaLusa 29/06/2017 Rita Moura
FELIPE TRUEBA/EPA © EPA / FELIPE TRUEBA FELIPE TRUEBA/EPA

Munique, Alemanha, 29 jun (Lusa) – O presidente do Bayern Munique, Uli Hoeness, pediu hoje que se dê mais tempo ao médio internacional português Renato Sanches, contratado na última época ao Benfica e poucas vezes utilizado.

“Sou a favor que lhe demos mais um ano, o rapaz não pôde fazer dois jogos seguidos sem pressão”, defendeu Hoeness, após uma época em que Renato Sanches só fez 17 jogos na Bundesliga e apenas um durante 90 minutos.

O futebolista, uma das ‘estrelas’ da época 2015/16 do Benfica e na campanha de Portugal no Euro2016, foi contratado pelo Bayern Munique, mas não se conseguiu afirmar-se, num plantel de grande qualidade e com jogadores como Xabi Alonso ou Arturo Vidal.

Hoje, Hoeness, em declarações à revista Kicker, disse ser importante apostar nos mais jovens para impulsionar a renovação no clube.

“Todos defendem que temos que renovar o clube e quando contratamos jogadores jovens surgem as críticas. Isso não é concordante”, justificou, explicando que o Bayern não fará contratações só para agradar aos críticos.

O dirigente defende a aposta nos mais jovens, mesmo que isso tenha consequências nos resultados internacionais dos bávaros.

“Temos que dar muita confiança a esses jovens jogadores, ainda que isso implique que durante duas épocas só possamos aspirar a ser campeões e apenas ver o que é possível internacionalmente”, acrescentou.

Na estrutura do Bayern Munique a política de contratações está no Conselho diretivo, presidido por Karl-Heinz Rummenigge, mas Hoeness, como presidente do clube, tem que aprovar todas as operações que impliquem despesa.

RPM // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon