Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Presidente do Estoril elogia "aposta acertada" em Pedro Emanuel

Logótipo de O Jogo O Jogo 01/04/2017 Rui Trombinhas

Com o clube atualmente a ocupar um 'perigoso' 15.º lugar no campeonato, com 22 pontos em 26 jogos e apenas cinco pontos acima da linha de despromoção, o líder do emblema 'canarinho' assume ainda que esta tem sido uma "época de aprendizagem", marcada por "opções que não correram bem".

O presidente do Estoril-Praia, Alexandre Faria, elogia a recente aposta da SAD estorilista no treinador Pedro Emanuel e reitera a sua confiança no sucesso da equipa em conseguir o objetivo da permanência na I Liga de futebol.

"É, dentro do panorama estipulado e no contexto em que entrou, uma aposta muito acertada, a melhor possível. Aliás, Pedro Emanuel tem 'escola de clube', de formação, e para nós isso é decisivo. Tem conhecimento do futebol português, o que era fundamental nesta fase. É uma pessoa que está identificada com tudo o que se pretende", refere.

© Fornecido por O jogo

Em entrevista à agência Lusa, o presidente estorilista considera mesmo que a importância dada pelo técnico à formação "é uma mais-valia fantástica" para as duas partes, manifestando um claro otimismo no seu êxito à frente dos 'canarinhos'.

"Tenho plena confiança no que se vai alcançar esta época, acho que o objetivo primordial vai ficar garantido a muito breve trecho, o que nos vai permitir planificar a próxima época com mais calma e outra tranquilidade", salienta o único candidato às eleições para os órgãos sociais da próxima segunda-feira.

Apesar da sinergia com a SAD, na qual tem lugar como administrador não executivo, Alexandre Faria não se coíbe de reconhecer uma temporada com demasiados percalços e que colidiu com as expectativas criadas ao longo dos últimos anos, nas quais se contam duas participações nas competições europeias.

"Houve algumas situações que não estávamos à espera e que gostaríamos que não tivessem acontecido. O Estoril habituou-nos nos últimos anos, graças a uma fórmula de sucesso e uma estrutura que se montou, a determinados sucessos desportivos. Esta época veio contrariar um pouco isso, em virtude de determinadas apostas que não correram como se esperaria", explica.

Segundo o líder do clube, o ano de "mudança de paradigma" exige tempo até se obter o sucesso pretendido: "Todos desejam um Estoril-Praia fortíssimo e a competir ao mais alto nível, mas isso implica também algumas apostas de risco. E algumas, de facto, não correram bem."

Alexandre Faria, presidente do Estoril-Praia desde 2014, lidera a única lista no ato eleitoral agendado para 03 de abril e que vai reconduzir a atual direção a mais um mandato de três anos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon