Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Presidente do Marítimo mantém o sonho de contratar Danny

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/06/2017 Mónica Santos
© Fornecido por O jogo

Carlos Pereira espera poder contar com o internacional Danny, formado no Marítimo e que terminou contrato com os russos do Zenit São Petersburgo, O dirigente considerou a próxima semana como "decisiva" para este processo.

O presidente do Marítimo, Carlos Pereira, assegurou, esta terça-feira, que o plantel está "praticamente fechado" para a nova temporada, com a entrada de seis a sete futebolistas, mantendo o sonho de contratar Danny.

A menos de duas semanas do arranque da pré-época, o dirigente diz que ficará concluído depois de "tudo estar assinado" com os jogadores que foram pedidos pelo treinador Daniel Ramos. "Para deixar a massa associativa descansada, posso dizer que, em sintonia com o técnico, temos o plantel praticamente fechado. Os detalhes estão quase concluídos e penso que, a curto prazo, podemos apresentar seis a sete atletas que o técnico referenciou", assegurou, à margem da apresentação da equipa de padel.

Carlos Pereira não escondeu o desejo que poder contar com o internacional Danny, formado no Marítimo e que terminou contrato com os russos do Zenit São Petersburgo, e considerou a próxima semana como "decisiva" para o desfecho desse projecto.

"Continua a ser um sonho e temos mantido diálogo. É uma decisão difícil que o Danny tem de tomar. Sei que há muita vontade do Danny e é também nossa vontade contar com ele para a próxima época", declarou.

No sentido inverso, depois de Fransérgio, Raúl Silva e Dyego Sousa terem rumado ao Braga, o presidente do Marítimo pretende evitar mais saídas, entre as quais o médio turco-belga Erdem Sen.

"Não é líquido que isso venha a acontecer e, se depender de nós, com certeza que não sairá. Já deixámos sair algumas mais valias e queríamos ficar com algumas que dão o suporte desportivo que precisamos e o Erdem é um deles", comentou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon