Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Presidente do Quénia destaca forças de segurança para eleições de quinta-feira

Logótipo de O Jogo O Jogo 25/10/2017 Administrator

O Presidente cessante do Quénia, Uhuru Kenyatta, afirmou hoje que foram destacadas forças de segurança a nível nacional para garantir a ordem nas eleições presidenciais de quinta-feira e apelou à "paz" entre os cidadãos.

Uhuru Kenyatta disse, numa emissão televisiva, que as eleições são uma oportunidade para os quenianos "mostrarem ao mundo" que estão unidos.

O líder da oposição, Raila Odinga, pediu aos seus apoiantes que boicotassem as eleições, afirmando que não serão credíveis.

O Presidente cessante queniano apelou à população para que faça "prevalecer a paz durante o exercício do direito constitucional de escolher" o futuro chefe de Estado.

Hoje de manhã, a Comissão Eleitoral garantiu a realização da votação, que é uma repetição da realizada a 08 de agosto, entretanto anulada pelo Supremo Tribunal de Justiça (STJ) queniano, que deu como provados os protestos da oposição quanto à ilegalidade e a irregularidades no processo de contagem dos votos e erros na transmissão de dados finais.

"Amanhã (quinta-feira), temos uma nova oportunidade para provar ao mundo que somos um Estado livre e moderno, preocupado com a luta pela unidade, o progresso compartilhado pelo maior número, a paz e a prosperidade", afirmou Uhuru Kenyatta.

O líder queniano pediu ainda às pessoas que depois de votarem voltassem "para casa e para os seus vizinhos", lembrando que, "independentemente da sua origem (étnica), o seu vizinho é o seu vizinho)".

Já Raila Odinga apelou aos seus partidários que não comparecessem às urnas, considerando que se realizará uma "farsa de eleição".

Os apoiantes de Odinga, que se retirou da corrida como forma de protesto contra a inexistência de reformas na Comissão Eleitoral, de forma a tornar as eleições credíveis, manifestaram-se, porém, em clima de festa, dançando, cantando, apitando e tocando tambores e vuvuzelas, recebendo, em troca, camisolas com as iniciais do líder da oposição - RAO.

O Presidente cessante, Uhuru Kenyatta, vencedor das presidenciais anuladas, já disse que a votação de quinta-feira decorrerá na data prevista, com ou sem Odinga.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon