Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Presidente iraniano apela ao diálogo para resolver crise na península coreana

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/08/2017 Administrator

O Presidente iraniano, Hasan Rohani, apelou ao diálogo para pôr fim à crise na península coreana numa reunião com o presidente da Assembleia Popular Suprema (parlamento) da Coreia do Norte, Kim Yong-nam.

"Acreditamos que a única via para resolver as disputas e diferenças na península coreana é o diálogo", afirmou Rohani, segundo um comunicado da presidência iraniana hoje publicado.

Durante o encontro, no domingo, em Teerão, Hasan Rohani destacou a boa relação entre o Irão e a Coreia do Norte e criticou a ingerência nos assuntos internos por parte de outros países, de acordo com a mesma nota, citada pela agência Efe.

Kim Yong-nam, que representou a Coreia do Norte na cerimónia de investidura de Rohani, o qual iniciou no sábado um segundo mandato de quatro anos, afirmou que o seu país quer desenvolver as relações com Teerão nas áreas da economia, ciência e tecnologia.

Também manifestou o desejo de uma "cooperação construtiva" entre os membros do Movimento dos Países Não-Alinhados com o objetivo de promover a paz e a segurança.

O presidente da Assembleia Popular Suprema da Coreia do Norte encontrou-se também, na sexta-feira, com o seu homólogo iraniano, Ali Lariyani, momento em que sublinhou que Pyongyang e Teerão partilham um inimigo comum, os Estados Unidos.

A Coreia do Norte encontra-se sob uma grande pressão internacional, sobretudo depois de o Conselho de Segurança da ONU ter aprovado uma resolução que endurece as sanções contra o regime de Kim Jong-un como represália pelos ensaios nuclear e de mísseis.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon