Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Primeiro festival para cães em Portugal arranca sábado em Vila Nova de Gaia

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/07/2017 Administrator

Vila Nova de Gaia vai receber sábado e domingo o "Dogga'live", o primeiro festival para cães em Portugal, e espera uma "enorme afluência" às atividades para os animais e para as suas famílias, avançou à Lusa a organização.

"Abrimos pré-inscrições e tivemos de encerrá-las depois de se inscreverem mais de 400 cães", revelou Manuela Vilas-Boas, diretora da "Dogga", instituição que se dedica ao treino canino e responsável pelo evento.

Segundo a organizadora, são esperados no "Dogga'live" cerca de "50 'bulldogs' franceses de Santarém, por exemplo, e muita gente de todo o país" que estão a pedir até "sugestões para hotéis 'dog-friendly' [amigos dos animais]",

"Estamos até a ficar assustados com tanta afluência, porque o recinto tem um limite de 3.000 pessoas e 1.000 cães em simultâneo, por isso estamos a dividir as atividades igualmente pelos dois dias", disse a responsável.

O programa inclui a apresentação de raças portuguesas, um `Dog Rally´ (concurso de obediência onde se pretende promover relações positivas entre cães e donos), uma caça ao tesouro, corridas caninas, um labirinto formado por fardos de palha para proporcionar um momento de diversão para toda a família e pontos de animação de rua.

O evento vai decorrer no mesmo recinto em Vila Nova de Gaia onde tem decorrido o festival Marés Vivas, mas para o "Dogga'live", em vez de palcos para concertos, o espaço à beira-rio vai ter "um espaço infantil com jogos tradicionais, espaços de 'workshops', o recinto das atividades com um labirinto, corridas de chamamento e uma piscina".

Tal como em qualquer outro festival, o "Dogga'live" vai ter áreas de restauração para as famílias, mas também para os cães, com alternativas "gourmet" à normal alimentação dos caninos, e contará também com mercadinhos com barracas de serviços e comércio relacionado com o mundo canino.

Manuela Vilas-Boas explicou que todas as atividades seguirão o método que os especialistas usam na academia que organiza o evento, focando-se nas "relações positivas" entre os cães e os seus donos: "Todo o evento é pedagógico, dizemos a brincar que é um festival para os cães, mas a verdade é que é sobretudo para os donos".

Aquando da aquisição do bilhete, com um valor simbólico de um euro, os donos dos animais terão de os submeter a uma avaliação por uma equipa de especialistas em comportamento animal para serem identificados "potenciais" sinais de agressividade grave a pessoas ou outros cães.

"É um festival cheio de brincadeira, mas estamos a falar de assuntos sérios. As questões comportamentais nascem nos donos e não nos cães" e serão proibidos de entrar no recinto, garante a diretora da academia, os donos que utilizem nos seus cães materiais de contenção abusivos, como "coleiras estranguladoras, de picos ou de choques elétricos".

Parte das receitas do evento será doada à associação de defesa e bem-estar animal que apresentar melhores práticas de gestão e organização.

O "Dogga'live" tem o apoio da Câmara Municipal de Vila Nova de Gaia e da Águas de Gaia, sendo promovido pela Dogga Academy for Dogs, instituição que se dedica ao treino canino pelo conceito "No pain, No force, No fear" (sem dor, sem força, sem medo) focado na estimulação cognitiva dos animais com reforço positivo.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon