Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Primeiro voo direto entre Pequim e Lisboa aterra hoje de manhã

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/07/2017 Administrator

O primeiro voo direto entre Pequim e Lisboa aterra hoje de manhã, pelas 07:30, em Lisboa, depois de ter deixado a capital da China às 18:10 de terça-feira (hora em Lisboa).

A primeira ligação aérea direta entre a capital chinesa e Lisboa saiu do Aeroporto Internacional de Pequim às 18:10 de terça-feira, (01:10 de quarta-feira em Pequim), sendo que o ministro do Planeamento e Infraestruturas, Pedro Marques, estará nas cerimónias da chegada do voo, pelas 07:30.

Dois dias antes da inauguração da ligação direta entre os dois países, que é operada pela companhia aérea chinesa Capital Airlines, os primeiros quatro voos diretos entre a China e Portugal estavam "praticamente esgotados", segundo a companhia aérea chinesa.

Já no sentido inverso - entre Portugal e a China - a taxa de ocupação "ronda os 75%".

O voo, que terá três frequências por semana - quarta-feira, sexta-feira e domingo - entre a cidade de Hangzhou, na costa leste da China, e Lisboa, com paragem em Pequim, arranca na quarta-feira.

O voo entre Pequim e Lisboa demorará cerca de 13 horas e, no sentido inverso, demorará 12 horas. A atual ligação mais rápida entre a capital dos dois países demora 14 horas, com escala em Frankfurt, na Alemanha.

A companhia aérea abrirá também um voo entre Macau e a capital chinesa, que coincidirá com a ligação a Lisboa, de forma a servir também os 15.000 portugueses que vivem no território outrora administrado por Portugal.

O embaixador português em Pequim, Jorge Torres-Pereira, afirmou que Portugal pode ter como objetivo chegar a um milhão de turistas chineses por ano.

A China é já o maior emissor mundial de turistas e, segundo estatísticas oficiais, 135,1 milhões de chineses viajaram para fora da China continental, em 2016, num aumento de 12,5% em relação ao ano anterior.

A Capital Airlines é uma das subsidiárias do grupo chinês HNA, acionista da TAP, através do consórcio Atlantic Gateway e da companhia brasileira Azul.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon