Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Principal objetivo do FC Porto é a conquista do título nacional - Nuno Espírito Santo

Logótipo de LusaLusa 24/02/2017 Joana Carvalho

Olival, Porto, 24 fev (Lusa) - Nuno Espírito Santo, treinador do FC Porto, reforçou hoje que o principal objetivo é a conquista do título português de futebol, pelo que é necessário continuar a vencer, estando o foco voltado para o Boavista.

Pouco dias depois da derrota com a Juventus (2-0), na primeira mão dos oitavos de final da Liga dos Campeões, O FC Porto desloca-se ao Bessa no domingo, em jogo da 23.ª jornada da I Liga, com o técnico portista a admitir que espera dificuldades, mas garantindo que a equipa está preparada e não equaciona outro cenário que não a vitória.

ESTELA SILVA/LUSA © EPA / ESTELA SILVA ESTELA SILVA/LUSA

"Temos um dérbi importante este fim de semana, no qual existe uma rivalidade antiga. Sabemos que vai ser um jogo difícil, mas queremos continuar a lutar pelo nosso objetivo e conquistar os três pontos", começou por referir Nuno Espírito Santo, em conferência de imprensa.

Sobre o adversário, os treinador dos ‘dragões’ mostrou conhecimento, salientando, no entanto, que o principal "é projetar o jogo do FC Porto sem pensar no que os outros podem fazer".

"Conhecemos bem o Boavista. Sabemos que é adversário que tem melhorado. Há três jogos que não perde. Tem bons jogadores, uma boa ideia de jogo com o treinador Miguel Leal. Mas projetamos é o nosso jogo. A nossa força passa por dominar e conquistar os três pontos", acrescentou ainda.

Sobre as ausências na formação portista, nomeadamente de Herrera, por lesão, e Felipe, por castigo, Nuno Espírito Santo desvalorizou e mostrou-se confiante nos jogadores que tem à disposição para ocupar esses lugares.

Mesmo assim, não deixou passar o momento sem fazer referência à lesão de Herrera, que aconteceu num lance no jogo com a Juventus.

"O Herrera sofreu um traumatismo forte que provocou uma ferida profunda, na qual teve que levar 17 pontos. É algo difícil de explicar, mas a verdade é que é baixa para o encontro no Estádio do Bessa", informou.

Nuno Espírito Santo falou também do encontro da Juventus para referir o lance que resultou no segundo amarelo de Alex Telles e consequente expulsão, antes da primeira meia hora.

"O Alex Telles ficou triste e sentido com o que se passou. Ficámos todos. Mas acredito que não é fundamental o pedido de desculpas. Fundamental é o crescer e aprender com o erro. E foi isso que aconteceu com ele. Aprendeu com o erro", finalizou.

JYA // NFO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon