Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Prisão-Escola de Leiria pretende construir estufa e pomar

Logótipo de O Jogo O Jogo 15/07/2017 Administrator

O Estabelecimento Prisional de Leiria (EPL) prevê criar um pomar e uma estufa, que permita variar as plantações e ter outra oferta de culturas para venda na sua loja ao público.

Desde o final de junho que o EPL abriu a Loja da Quinta, um projeto que visa vender os legumes produzidos pelos reclusos nos terrenos da cadeia.

O objetivo é aumentar a produção de outros bens, pelo que o diretor, José Ricardo Nunes, revelou à agência Lusa que pretende criar uma estufa para produzir alguns frutos.

"Queremos ter produtos durante todo o ano e diversificar a oferta a disponibilizar às pessoas", referiu o diretor.

O diretor adjunto, José Rodrigues, acrescentou que a criação de um pomar é outra das pretensões, para que a loja possa vender vários produtos. "A ideia é ter uma agricultura de subsistência".

"A cadeia tem uma grande tradição de produção de bens hortícolas e manufaturados. Tinha vacas, cabras e ovelhas - que estamos a tentar recuperar -, produção agrícola e vinho. Além disso, tinha pequenas indústrias, como uma fábrica de tijolos, encadernação e sapataria. O mundo mudou, já não há necessidade de encadernação e os sapatos já não se remendam. Todo esse tipo de atividades perdeu-se, agora a agricultura não", constatou José Ricardo Nunes.

José Rodrigues acrescentou que as ovelhas "ajudam na manutenção da quinta", revelando ainda que está em curso o processo de rotulagem do vinho que também é produzido na Prisão-Escola há vários anos.

"Deverá chamar-se Quinta Lagar D'El Rei".

Além destes projetos, o estabelecimento integra ainda a horta solidária, um projeto que tem com o Banco Alimentar de Leiria há vários anos.

"Eles fornecem o material, como as sementes, e nós a mão-de-obra".

Os produtos são depois para distribuir pelas pessoas apoiadas por esta instituição.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon