Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Programa antidopagem vai ser reforçado no ténis

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/04/2017 Cristina Aguiar
© RONALD WITTEK

A Federação Internacional de Ténis (ITF) anunciou o reforço do seu programa antidopagem, que terá um forte aumento dos testes realizados e um crescimento de 50 por cento no orçamento.

O número de testes a fazer em competição e fora de competição passa dos 4.899 em 2016 para 8.000 no final do ano em curso, e as amostras sanguíneas e de urina serão conservadas por mais tempo, tendo em vista a eventual reanálise quando existirem técnicas mais avançadas.

Para financiar este programa - que é uma iniciativa conjunta da ITF, da ATP, da WTA e dos quatro torneios do Grand Slam - o orçamento sobe 50 por cento e atinge os 4,5 milhões de dólares (4,1 milhões de euros).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon