Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

PSI20 segue em alta antes da divulgação da estimativa rápida do PIB do 2.º trimestre

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/08/2017 Administrator

A bolsa de Lisboa segue a negociar em alta, a acompanhar a tendência das principais congéneres europeias e com os investidores atentos à divulgação da estimativa rápida do PIB do segundo trimestre.

Pelas 08:50, o índice de referência, o PSI20 seguia a ganhar 0,75% para 5.240,36 pontos, acentuando os ganhos registados na abertura, com 14 cotadas a subirem, quatro em queda e uma (a Ibersol) inalterada.

Do lado dos ganhos, as ações que mais ganhavam eram as da Pharol, que subiam 5,3% para 0,32 euros, corrigindo das perdas da última sessão, seguidas das do Montepio, que subiam 3,40% para 1,03 euros.

O BCP seguia igualmente a puxar pelo índice, com as ações a subirem 2,37% para 5,47 euros.

Do lado das quedas, a Novabase era a cotada que mais desvalorizava, com uma descida de 0,59% para 3,18 euros, seguida da Jerónimo Martins, que seguia em baixa de 0,59% para 3,18 euros.

O Instituto Nacional de Estatística (INE) divulga hoje a estimativa rápida para o crescimento da economia portuguesa no segundo trimestre, com os analistas contactados pela agência Lusa a anteciparem um crescimento homólogo de 3% e em cadeia de 0,4%, em média.

A estimativa oficial mais recente do Governo aponta para um crescimento da economia de 1,8% este ano, depois de ter crescido 1,4% em 2016. No entanto, o ministro das Finanças já admitiu, em entrevista à Reuters, um crescimento superior a 3% entre abril e junho deste ano, o que resultará num crescimento anual de mais de 2%.

O PSI20 segue a acompanhar a tendência das bolsas europeias, numa sessão sem grandes referências macroeconómicas, além da publicação da produção industrial da zona euro.

Nas divisas, o euro seguia a subir face ao dólar e trocava-se na abertura a 1,1816 dólares.

No mercado de matérias-primas, o crude de referência na Europa, o Brent, também seguia em alta, a negociar nos 52,03 dólares por barril.

Lua/Fim

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon