Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Pyongyang convoca vários embaixadores para reunião -- Seul

Logótipo de O Jogo O Jogo 14/08/2017 Administrator

Vários embaixadores da Coreia do Norte encontram-se em Pyongyang para uma reunião, na qual deverá ser debatida a escalada da tensão com Washington, disse hoje o Governo de Seul.

Entre os participantes, estão os embaixadores norte-coreanos na China e na Rússia, Ji Jae-ryong e Kim Hyong-jun, bem como o embaixador de Pyongyang na ONU, Ja Song-nam, de acordo com a agência noticiosa sul-coreana Yonhap.

Os representantes norte-coreanos na ONU são os únicos que atualmente mantêm algum contacto direto com Washington, através de um delegado norte-americano para a desnuclearização da península, Joseph Yun.

Desconhece-se o número exato de diplomatas que viajaram até Pyongyang para participar nesta reunião conjunta que, por outro lado, pode enquadrar-se nas consultas regulares que o Ministério dos Negócios Estrangeiros norte-coreano faz com os embaixadores, disse em conferência de imprensa um porta-voz do Ministério de Unificação sul-coreano.

De qualquer modo, as autoridades sul-coreanas esperam que o encontro seja em grande parte centrado na escalada de tensão da Coreia do Norte com os Estados Unidos.

Pyongyang protestou contra as últimas sanções da ONU, que punem os lançamentos de mísseis, e ameaçou atacar território dos Estados Unidos, ao que o Presidente norte-americano prometeu "fogo e fúria" se a Coreia do Norte não baixasse o tom.

O país anunciou então que prepara um plano para bombardear a ilha de Guam, que alberga importantes bases militares norte-americanas.

Seul e Washington preveem realizar na próxima semana manobras militares que podem fazer aumentar ainda mais o clima de tensão.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon