Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Quaresma volta a ser titular e justifica aposta com número impressionante

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/03/2017 Hugo Monteiro

Extremo português cruzou mais bolas para a área do que toda a seleção húngara junta.

© Pedro Rocha/Global Imagens

Sem Nani, a recuperar de uma lesão, e apesar de Bernardo Silva estar a realizar uma grande época no Mónaco, Fernando Santos apostou em Quaresma no triunfo de anteontem sobre a Hungria (3-0).

O extremo do Besiktas regressou à titularidade - fora suplente utilizado perante a Letónia - e fez para justificar a chamada. Trabalhou e procurou oferecer golos aos companheiros, um deles desaproveitado por Ronaldo ainda com o resultado a zeros. Foi um dos 13 cruzamentos de Quaresma ao longo do jogo. O número 20 foi mesmo o jogador que mais centrou (13), acima do número de toda a equipa magiar (12). Na Seleção Nacional seguiu-se Raphael Guerreiro com cinco cruzamentos, um deles para o golo de André Silva (1-0).

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon