Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Quarto e sétimo lugares para Portugal nas Maurícias

Logótipo de O Jogo O Jogo 16/07/2017 Rodrigo Cortez

Lusas concluem com o apuramento garantido para os Jogos Olímpicos da Juventude em 2018.

Com a obtenção de um quarto (em femininos) e de um sétimo (em masculinos) lugares, Portugal concluiu este domingo a participação no I Campeonato do Mundo de Andebol de Praia em Sub-17, prova organizada pela IHF (Federação Internacional de Andebol) com, entre outros, o objetivo de apurar as seleções que vão estar presentes nos próximos Jogos Olímpicos da Juventude, a realizar em outubro de 2018 na cidade argentina de Buenos Aires.

© página oficial de facebook da IHF (Federação Internacional de Andebol)

Essa meta apenas foi conseguido pela seleção nacional feminina, uma vez que, mesmo ficando de fora dos lugares medalháveis, terminou a prova como uma das três melhores seleções europeias - Holanda e Hungria são as outras equipas do continente europeu apuradas para o torneio olímpico para atletas entre os 15 e os 18 anos de idade.

O quarto lugar das lusas resultou da derrota verificada na manhã deste domingo diante da Argentina, por 2-1. As sul-americanas venceram o primeiro parcial por 24-23, saindo derrotadas no segundo por 19-16. No desempate por "shoot out", a Argentina foi mais forte do que Portugal, vencendo por 8-2 e arrecadando assim a medalha de bronze.

O torneio foi ganho pela Hungria, que na final bateu a Holanda por 2-1, após desempate por "shoot out".

Já a seleção portuguesa masculina terminou na sétima posição da competição, ao derrotar na última partida a Tailândia, por 2-0. A final disputa-se também este domingo.

Paulo Félix, selecionador nacional dos dois conjuntos, disse a O JOGO: "O balanço da nossa participação é extremamente positivo. Atingimos o principal objetivo, que era a qualificação para os Jogos Olímpicos da Juventude. Estivemos muito perto de conseguir uma medalha em femininos, mas infelizmente perdemos no "shoot out" com a Argentina. Foi a primeira vez que as nossas meninas perderam no "shoot out". O grupo masculino conseguiu o sétimo lugar. As equipas masculinas presentes nos quartos-de-final eram todas muito fortes e bem preparadas. É um momento histórico para o desporto português e espero que seja uma grande alavanca para o crescimento do andebol de praia. Este feito é de todos que se dedicam ao andebol de praia em Portugal."

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon