Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Quase 100 mil pessoas retiradas das proximidades de vulcão em Bali

Logótipo de O Jogo O Jogo 27/09/2017 Administrator

Quase 100 mil pessoas já foram retiradas das proximidades do vulcão Agung, em risco de erupção, na turística ilha de Bali (Indonésia), onde se registam centenas de abalos diariamente.

Segundo a agência indonésia para a redução de desastres, mais de 96 mil pessoas deixaram a zona do vulcão Agung.

Um centro de monitorização registou mais de 800 sismos durante o dia de quarta-feira, tendo sido observado um fumo fino cerca de 50 metros acima da cratera.

A última erupção do vulcão ocorreu em 1963, estendendo-se por quase um ano, e causou a morte de mais de 1.100 pessoas.

O porta-voz da agência, Sutopo Purwo Nguroho, disse que as possibilidades de uma erupção são "bastante grandes", mas os especialistas não conseguem precisar quando tal acontecerá.

As autoridades indonésias já prepararam um plano caso o vulcão entre em erupção, identificando dez aeroportos do país como alternativa ao possível encerramento do aeroporto da ilha de Bali.

O ministro dos Transportes indonésio indicou que se estima que cerca de cinco mil passageiros serão afetados nesse cenário.

Estes serão reencaminhados para as cidades de Jacarta, Makassar, Surabaya, Balikpapan, Solo, Ambon, Manado, Praya, Kupang e Banyuwangi.

O Ministério dos Transportes também preparou 100 autocarros para transportar os passageiros de Bali para Banyuwangi, Surabaya (ambas em Java Oriental) e Praya (na ilha de Lombok em Nusa Tenggara ocidental) com ajuda de barcos.

A Agência Nacional de Gestão de Desastres (BNPB) elevou o alerta de erupção do vulcão Agung na sexta-feira para o nível 4, o máximo, e após um aumento constante da atividade vulcânica disse na terça-feira que o vulcão se encontra numa "fase crítica".

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon