Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Quatro portugueses nas finais de duplo-mini trampolim

Sportinveste 10/04/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia

Joana Pereira e Sílvia Saiote, na competição feminina, e Bruno Nobre e Diogo Costa, na masculina, apuraram-se para as finais individuais de duplo mini-trampolim dos Campeonatos Europeus de trampolins, que decorrem em Guimarães até sábado.

Joana Pereira, que se apurou pela primeira vez para uma final individual dos Europeus de trampolins, obteve a melhor prestação portuguesa das qualificações, com um segundo lugar entre 14 concorrentes (67,900 pontos), tendo ficado a 0,800 pontos da primeira classificada, a sueca Lina Sjoberg. Sílvia Saiote foi a outra ginasta portuguesa a "carimbar" a presença na final de duplo mini-trampolim, depois de ter arrecadado o quarto lugar nas qualificações, com 67,300 pontos.

Na qualificação feminina, Mafalda Prazeres e Ana Robalo classificaram-se, também, entre as oito melhores ginastas, tendo sido quinta e sexta, respetivamente, mas falharam a passagem à final, porque a União Europeia de Ginástica impede a participação de mais de dois atletas por país em finais.

Bruno Nobre, medalha de bronze nos campeonatos do mundo de 2013, em Sofia, pautou-se como o melhor português na qualificação para a final masculina de duplo mini-trampolim, com a obtenção do quinto lugar entre 18 ginastas (72,100 pontos).

Diogo Costa prosseguiu também em prova, após a obtenção do sétimo lugar na fase de acesso à final, com 71,800 pontos, ao passo que André Lico, com um décimo lugar, e André Fernandes, com um 12º, ficaram pelo caminho.

Todos estes ginastas irão disputar pelas 19:00 as finais masculina e feminina de duplo mini-trampolim por equipas, onde Portugal tem já garantida a conquista de duas medalhas, uma vez que, em cada final, concorrem apenas três seleções.

Na final masculina, a equipa portuguesa irá disputar o ouro com as equipas da Rússia e da Espanha, enquanto a formação feminina terá a Rússia e a Grã-Bretanha como equipas adversárias. Na vertente de tumbling, Portugal participou apenas na qualificação masculina, em que nenhum dos atletas logrou o apuramento para a final. Paulo Cruz alcançou o melhor resultado português, com um 13.º lugar entre 29 participantes, sendo seguido por Nuno Silvano (24º) e Frederico Rodrigues (25º). Estes três atletas acabaram por falhar a final de tumbling por equipas, que terá início à mesma hora da final por equipas de duplo mini-trampolim.

Fonte: O Jogo

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon