Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Quinze jovens do exército afegão mortos num atentado em Cabul

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/10/2017 Administrator

Quinze jovens recrutas do exército afegão foram mortos hoje em Cabul, num atentado suicida contra um 'minibus', informou o Ministério da Defesa.

"Enquanto o 'minibus' dos cadetes estava a sair da academia militar, foi baleado por um homem-bomba que matou 15 deles e feriu outros quatro", disse à AFP o porta-voz do ministério, o general Daulat Waziri.

O departamento de Defesa explicou, num comunicado posterior citado pela EFE, que os recrutas estavam na academia militar para um curto período de treino. Os feridos, todos militares, bem como as vítimas mortais, foram transferidos para hospitais da região.

As forças de segurança vedaram a área para investigar os detalhes do ataque, que ainda não foi reivindicado por nenhum grupo terrorista.

Na sexta-feira, um homem-bomba suicida colocou-se entre os fiéis que rezavam na mesquita xiita Imam Zaman, também no oeste da capital, e detonou explosivos que usava no seu colete, numa ação reivindicada pelo grupo jihadista Estado Islâmico (EI).

O ataque matou 56 pessoas e feriu outros 55, pouco depois de outra ação ter feito mais 30 mortes na província de Ghor, no oeste.

Desde o final da missão de combate da NATO (sigla em inglês para Organização do Tratado do Atlântico Norte) em janeiro de 2015, Cabul vem perdendo terreno para os insurgentes, controlando apenas 57% do país, de acordo com o inspetor-geral especial para a Reconstrução do Afeganistão (SIGAR) do Congresso dos Estados Unidos.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon