Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rúben Neves no lugar de Danilo: o que muda no FC Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/04/2017 Hugo Monteiro

Rúben Neves vai ocupar o lugar de Danilo no meio-campo do FC Porto em Chaves. Mozelense envolve-se mais no ataque.

© Ivan del Val/Global Imagens

Rúben Neves regressa à equipa titular do FC Porto em Chaves. O jovem de 20 anos vai ocupar a vaga deixada por Danilo, que não recuperou de lesão e, por isso, fica fora dos convocados para o encontro da 31ª jornada do campeonato.

A posição que ocupam no terreno até pode ser a mesma, mas o que Rúben Neves e Danilo deram ao FC Porto até ao momento foi diferente. À luz dos dados estatísticos oferecidos pela Opta Stats, o mozelense torna a equipa azul e branca mais ameaçadora no processo ofensivo, que tem de ser melhorado depois do nulo na última jornada, frente ao Feirense, e o Comendador mais segura no defensivo. As médias por 90 minutos de Rúben demonstram um jogador mais interventivo a atacar, fruto do maior número de passes (e basicamente com a mesma eficácia do principal concorrente) e ainda de remates efetuados.

Embora Rúben apresente registos ligeiramente superiores nas interceções, nos remates bloqueados e nos desarmes realizados (ainda que neste caso tenha ficado menos vezes com a bola), é Danilo que sai por cima na maioria das ações defensivas que podem ser contabilizadas. O número de duelos individuais em que se envolve o luso-guineense por cada 90 minutos é mais do dobro do mozelense, além de cometer menos faltas.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon