Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Racismo dos adeptos leva UEFA a encerrar parcialmente estádio do Real Madrid

Logótipo de LusaLusa 30/05/2014 Nuno Vinha

Nyon, Suíça 30 mai (Lusa) - A UEFA puniu o Real Madrid com o encerramento de dois setores do seu estádio no próximo jogo que disputar na Liga dos Campeões em futebol, devido a incidentes racistas nas meias-finais da “Champions” desta época.

O Comité de Disciplina da UEFA decidiu fechar os setores 120 e 122 do Estádio Santiago Bernabéu, ao aplicar o artigo 14 do seu regulamento de disciplina e dando provimento às acusações de comportamento racista dos adeptos do Real Madrid no jogo de 23 de abril contra o Bayern de Munique.

ZIPI/EFE FILE © @ EPA / ZIPI ZIPI/EFE FILE

No próximo jogo do Real Madrid na Liga dos Campeões, o clube terá também de exibir uma tarja com os dizeres "Não ao Racismo" nos setores encerrados.

A UEFA reiterou que a luta contra o racismo é uma das suas principais prioridades e reafirmou a sua política de "tolerância zero" para com o racismo e a discriminação, tanto nos relvados como nas bancadas.

O Real Madrid é o campeão em título da Liga dos Campeões, tendo batido na final, a 24 de maio no Estádio da Luz, em Lisboa, o Atlético de Madrid, por 4-1, após prolongamento.

NVI // NF

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon