Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Real Madrid iguala recorde de invencibilidade na celebração de Cristiano Ronaldo

Logótipo de LusaLusa 07/01/2017 João Pedro Simões
J.J. GUILLEN/EFE © EPA / J.J. GUILLEN J.J. GUILLEN/EFE

Madrid, 07 jan (Lusa) – O Real Madrid igualou hoje o recorde de 39 jogos sem perder, da versão do FC Barcelona de 2015/16, ao golear o Granada, por 5-0, num encontro da Liga espanhola de futebol antecedido pela consagração de Cristiano Ronaldo.

Depois da entrega simbólica da quarta Bola de Ouro ao avançado português, o Real Madrid ‘cilindrou’ o Granada, neste jogo da 17.ª jornada, chegando ao intervalo a vencer por 4-0, com golos de Isco, 12 e 31 minutos, Benzema, aos 20, e de Cristiano Ronaldo, aos 27. O antigo médio do FC Porto Casemiro fechou a goleada, aos 58.

Este triunfo, o 13.º na presente edição da Liga, permitiu ao conjunto comandado por Zinédine Zidane cimentar a liderança da competição, com 40 pontos, mais seis do que o FC Barcelona, e igualar o recorde de invencibilidade de equipas espanholas, estabelecido pelos catalães, sob o comando de Luis Enrique, na época passada.

A última derrota ‘merengue’ remonta a 05 de abril de 2016, na visita ao Wolfsburgo (2-0), na primeira mão dos quartos de final da Liga dos Campeões, que viria a conquistar, somando, desde então, 30 vitórias e nove empates.

O Real Madrid está a um jogo do registo de 40 jogos sem derrotas dos ingleses do Nottingham Forest, alcançado entre 1977 e 1978, sob o comando de Brian Clough, e a quatro da série invicta de 43 protagonizada pela Juventus, entre 2011 e 2012, na sua maior parte sob orientação de Antonio Conte, à exceção de um com o treinador Luigi Del Neri.

Antes da receção ao Granada, Cristiano Ronaldo recebeu das mãos de Francisco Gento a sua quarta Bola de Ouro, presenciada por Raymond Kopa, Michael Owen, Luis Figo, Ronaldo e Zinedine Zidane, que dedicou aos adeptos do Real Madrid.

Além de Cristiano Ronaldo, que alinhou durante os 90 minutos, também Fábio Coentrão alinhou pelos ‘merengues’, tendo substituído Marcelo, a partir dos 68.

JP // JP

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon