Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Real volta a não vencer nos 90 minutos, valeram os penáltis

Logótipo de O Jogo O Jogo 03/08/2017 Hugo Monteiro

Real Madrid, ainda sem Cristiano Ronaldo, venceu uma seleção de jogadores da liga norte-americana de futebol (MLS) no desempate através de grandes penalidades.

O Real Madrid, ainda sem Cristiano Ronaldo, venceu uma seleção de jogadores da liga norte-americana de futebol (MLS) no desempate através de grandes penalidades, num jogo disputado no Soldier Field de Chicago.

Depois de três derrotas consecutivas na digressão que fez pelos Estados Unidos, os campeões europeus voltaram a não vencer no tempo regulamentar, que terminou com um empate 1-1, no último jogo particular de pré-época dos merengues.

Depois de uma primeira parte sem golos, os madridistas adiantaram-se no marcador aos 59 minutos, graças ao golo de Borja Mayoral. A vantagem duraria até a três minutos dos 90, altura em que Dom Dwyer repôs a igualdade e fechou o resultado no tempo regulamentar.

© Aaron Doster/USA Today Sports

Nas grandes penalidades, o Real Madrid acabou por ser mais feliz, concretizando os quatro pontapés, enquanto a equipa de All Stars da MLS falhou os dois primeiros penáltis, que foram cobrados por Dwyer e o mexicano Giovani dos Santos.

O Real Madrid entra em competição oficial na terça-feira, , quando defrontar o Manchester United na Supertaça europeia, em Skopje.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon