Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Relação sobe de cinco para sete anos pena de homem que tentou matar outros no Porto

Logótipo de O Jogo O Jogo 20/10/2017 Administrator

Porto,21 out (Lusa) -- A Relação do Porto aumentou de cinco para sete anos a pena de prisão de um homem que, em 2014, atingiu a tiro funcionários de uma discoteca do Porto, informou hoje a Procuradoria-Geral Distrital do Porto.

Na sua página oficial, a procuradoria frisou ter ficado provado que na madrugada de 26 de fevereiro de 2014, o arguido, depois de ter sido expulso de uma discoteca no Porto pelos funcionários que aí exerciam vigilância e segurança, "formulou o propósito" de os matar.

Para tal, acrescentou, muniu-se de uma espingarda caçadeira semiautomática e, regressando às imediações da discoteca, cerca de meia hora depois de ter sido expulso, fez três disparos na direção dos funcionários e das pessoas que estavam junto deles.

"E ainda provado que os disparos atingiram três pessoas, dois funcionários e uma cliente da discoteca, que só não morreram por razões alheias à vontade do arguido", salientou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon