Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Relva de 300 mil euros à prova em Guimarães

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/09/2017 Hugo Monteiro

Três jogos no espaço de seis dias colocam à prova novo tapete verde do anfiteatro vimaranense.

© Fornecido por O jogo

O novo relvado do Estádio D. Afonso Henriques, instalado na pré-temporada, terá nos próximos dias um sério teste à sua capacidade. Isto porque receberá três jogos oficiais em apenas seis dias.

O primeiro jogo é já no próximo sábado, a contar para a II Liga, e vai pôr frente a frente a equipa B do Vitória e da Académica. No dia seguinte, domingo, é a vez de a equipa principal entrar em campo para receber o Boavista em jogo do principal escalão do futebol português.

Depois, na próxima quinta-feira, dentro de uma semana, os vimaranenses estreiam-se na Liga Europa, com o D. Afonso Henriques a ser palco do embate entre o Vitória e o Salzburgo, da primeira jornada do Grupo I da competição. Antes do encontro a equipa austríaca fará o habitual treino de adaptação ao relvado. Atividade intensa que atestará a qualidade do relvado, que foi colocado de acordo com as normas do organismo que tutela o futebol europeu e que teve um custo avultado para os cofres da SAD do Vitória de Guimarães, a rondar os 300 mil euros. O Vitória é o único clube em que a equipa A e B partilham o mesmo recinto para disputar os jogos das provas profissionais.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon