Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Repetição das presidenciais no Quénia adiada para 26 de outubro

Logótipo de O Jogo O Jogo 21/09/2017 Administrator

As eleições presidenciais no Quénia, inicialmente previstas para 17 de outubro, após a invalidação dos resultados do escrutínio de agosto, foram adiadas para 26 de outubro, anunciou hoje a Comissão Eleitoral (IEBC).

Num comunicado, a IEBC indica que o adiamento se deve à necessidade de a Comissão estar "totalmente preparada para organizar uma eleição que responda às normas definidas pelo Supremo Tribunal".

O Supremo Tribunal do Quénia anulou no dia 1 de setembro os resultados do escrutínio de 8 de agosto, reconhecendo a existência de "ilegalidades e irregularidades".

Na quarta-feira, o Supremo queniano detalhou as razões para aquela decisão, tendo acusado a Comissão Eleitoral de proclamar os resultados do escrutínio com base em documentos por vezes de "autenticidade questionável", criticando também o facto de a IEBC não ter permitido o acesso aos servidores informáticos para verificação das acusações de pirataria.

O Supremo Tribunal precisou que as críticas visavam sobretudo a transmissão dos resultados e não o registo dos eleitores ou a votação.

A comissão eleitoral considerou hoje que "o veredicto (do tribunal) afeta sem qualquer dúvida as operações eleitorais, em particular a tecnologia que deve ser utilizada".

Alvo de muitas críticas desde a anulação das presidenciais, o IEBC alterou entretanto a sua composição, aparentemente em resposta às exigências do líder da oposição Raila Odinga de reformas na comissão antes da nova votação.

A Constituição exige a organização de um novo escrutínio nos 60 dias após a decisão do Supremo Tribunal, ou seja, até 31 de outubro.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon