Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Requalificação da praia de Monte Gordo, no Algarve, retomada a 15 de novembro

Logótipo de O Jogo O Jogo 26/10/2017 Administrator

A obra do novo passadiço da praia de Monte Gordo, no concelho de Vila Real de Santo António, vai ser retomada a 15 de setembro, depois de ter sido suspensa durante o verão, anunciou hoje o município.

Os trabalhos que arrancam em meados do próximo mês referem-se à segunda fase da obra de requalificação da Praia de Monte Gordo e vão consistir na demolição e construção dos apoios de praia ao longo do areal, para concluir o passadiço de madeira de três quilómetros erguido na primeira fase da obra, referiu a autarquia num comunicado.

A obra já realizada, no valor de um milhão de euros, permitiu "dotar a praia com o maior passadiço do sotavento algarvio, avaliado em milhão de euros e com uma extensão de três quilómetros", congratulou-se o município, salientando que, após a demolição dos antigos apoios de praia, a segunda fase vai "uniformizar materiais" nas novas estruturas e colocá-las "ao mesmo nível do passadiço" já construído.

"O plano, já aprovado pela Agência Portuguesa do Ambiente (APA), contempla a construção de 18 novos concessionários - que irão substituir os atuais - sendo futuramente acessíveis quer através do corredor central, quer da avenida marginal" de Monte Gordo, precisou a autarquia.

A nova presidente da Câmara de Vila Real de Santo António, Conceição Cabrita (PSD), salientou a intervenção feita pelo executivo municipal junto da APA para permitir alterar de 8 para 18 o número de apoios de praia previstos no âmbito do Plano de Ordenamento da Orla Costeira (POOC), documento que a autarca lamentou ter sido "aprovado pelo anterior executivo socialista da autarquia".

"Desta forma, todos os empresários que detinham atividade na praia e possuíam a sua situação regularizada não necessitaram de submeter-se a concurso, pondo-se fim ao sistema de licenças precárias que vigorava até ao momento", destacou Conceição Cabrita, citada no comunicado do município.

Os apoios de praia atuais vão manter-se em funcionamento até 01 de novembro, no âmbito de um acordo estabelecido com a APA e que prevê a desocupação dos espaços após essa data para a Câmara de Vila Real de Santo António conduzir o processo de demolição, adiantou a autarquia.

A Câmara algarvia mencionou ainda que a construção dos novos apoios de praia "será suportada pelos proprietários".

"Significa isto que, no próximo verão, teremos já uma praia com mais qualidade, novos acessos e novos apoios, finalizando-se assim uma das maiores operações de requalificação urbanística e ambiental levada a cabo no nosso concelho", afirmou ainda a presidente da Câmara de Vila Real de Santo António.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon