Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rio Ave lança primeira pedra da futura academia de futebol

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/10/2017 Hugo M. Monteiro

A estrutura vai ser edificada na parte traseira do estádio do clube vila-condense

O Rio Ave, que milita na I Liga portuguesa de futebol, deu mais um passo no projeto de requalificação do seu complexo desportivo, com o lançamento da primeira pedra da futura academia de futebol.

A nova estrutura, que vai ser edificada na parte traseira do atual estádio, junto aos campos de treino, representa um investimento de várias centenas de milhares de euros, estando previsto que as obras possam arrancar em breve.

"É o concretizar de um sonho, porque, cada vez mais, temos de dar as melhores condições de trabalho aos nossos atletas da formação. Será um espaço com balneários, salas de apoio, ginásios e outras valências, que, certamente, tornará as nossas equipas mais competitivas", disse o presidente do Rio Ave, António Silva Campos

© Reprodução/Rio Ave FC

Na cerimónia, na qual marcaram presenças as autoridades locais, assim como representantes da Liga de clubes, da Federação Portuguesa de Futebol, e centenas de sócios e atletas da formação, foi também inaugurado um novo campo com relvado sintético, dedicado ao futebol de sete e ao treino de guarda-redes.

António Silva confirmou que a iniciativa foi "apenas mais uma etapa" de um projeto, que, a longo prazo, o clube pretende levar a cabo para transformar, completamente, o seu complexo desportivo.

"Depois desta primeira fase, pretendemos avançar para o estádio, com cobertura de toda a bancada poente [a principal], e, depois, com a demolição da bancada nascente e a construção de uma nova. Temos ainda em mente a construção de um pavilhão para acolher a modalidade de futsal", partilhou Silva Campos.

O presidente do Rio Ave não se comprometeu com datas para a conclusão de todos estes projetos, vincando que "as obras irão avançar à medida da disponibilidade financeira do clube".

"Temos o projeto definido, mas iremos fazê-lo assim que podermos. Nunca daremos um passo maior que a perna. Terá de ser processo sustentado e não nos vamos endividar. Sempre que haja disponibilidade financeira faremos algo", sublinhou.

Sobre a carreira da equipa profissional de futebol esta temporada, o presidente do Rio Ave considerou que está a correr dentro dos objetivos previstos.

"Estamos entre oito primeiros lugares tal como pretendíamos, para podermos espreitar uma qualificação para Liga Europa. Estamos a fazer um campeonato tranquilo, com um bom futebol, que nos podemos orgulhar, tal como aconteceu na partida de sexta-feira, frente ao Sporting", partilhou.

Instando a comentar as últimas arbitragens de que a equipa foi alvo, e que geraram algumas críticas, António Silva Campos evitou falar do tema.

"O desagrado com alguma coisa será sempre mostrado nos locais corretos. Será assim que agiremos, dignificando o futebol português", vincou o presidente do Rio Ave.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon