Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rio diz que PSD "está pior" mas não fala sobre liderança antes das autárquicas

Logótipo de O Jogo O Jogo 13/07/2017 Administrator

O ex-vice-presidente da Câmara do Porto Rui Rio defendeu que o PSD "está hoje pior" do que há alguns meses, mas remeteu para depois de 01 de outubro qualquer declaração sobre uma eventual candidatura à liderança.

Num almoço do International Club of Portugal, onde falou sobre "Portugal, os novos desafios políticos e económicos", Rui Rio foi desafiado, através de uma pergunta da assistência, a fazer um diagnóstico sobre o atual estado do PSD em relação a novembro, quando deu uma entrevista ao Diário de Notícias em que admitiu candidatar-se à liderança no congresso do próximo ano se, até lá, não aparecer uma alternativa credível ao atual presidente, Pedro Passos Coelho.

"Se me perguntam se, relativamente a novembro, o PSD está pior, melhor, ou na mesma, eu acho que está pior", afirmou Rui Rio.

Instado, no final, pelos jornalistas a explicitar esta afirmação, e se este diagnóstico torna uma candidatura sua mais provável, Rui Rio escusou-se a responder antes das eleições autárquicas.

"O que eu acho disso tudo será na altura própria e a altura própria não é nunca antes de 01 de outubro. A 01 de outubro temos umas eleições que para o PSD são particularmente difíceis, aquilo que é a nossa obrigação - de todos os que pertencemos ao PSD - é ajudar a que as coisas fiquem melhor e não pior", afirmou, considerando, de contrário, estaria "não a ajudar mas a prejudicar o PSD".

Antes, outro participante no almoço tinha perguntado a Rio diretamente se estaria disponível a candidatar-se à chefia do PSD, mas recebeu também uma resposta indireta.

"Se estou preparado para assumir a liderança do meu partido? Isso não posso ser eu a responder, têm de ser as pessoas a avaliar isso", disse, numa resposta que terminou com risos e palmas da assistência.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon