Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Ristovski será "agente secreto" ao serviço de Jesus em Itália

Logótipo de O Jogo O Jogo 05/10/2017 Francisco Sebe

Lateral será titular pela Macedónia frente à Itália, que conta com cinco atletas da campeã italiana, e pode tirar notas para ajudar Jesus na preparação do embate do próximo dia 18.

Contratado este defeso ao Rijeka, que o emprestou ao Sporting até final da época num negócio que contempla uma cláusula obrigatória de compra, Stefan Ristovski ainda não conseguiu afirmar-se como titular do Sporting, mas, na sexta-feira, será uma espécie de "agente secreto" à disposição de Jorge Jesus na missão de derrubar a Juventus no próximo jogo da Liga dos Campeões, marcado para o próximo dia 18.

© Gerardo Santos/Global Imagens

Isto porque o camisola 13 verde e branco será uma das armas à disposição de Igor Angelovski, selecionador da Macedónia, para o confronto de sexta-feira frente à Itália, que será disputado no Estádio Olímpico de Turim e dirigido pelo árbitro português Tiago Martins. Segundo a Imprensa do seu país, Ristovski será, caso não exista nenhum retrocesso de última hora, titular da turma balcânica, num dos lugares disponíveis à direita: subsiste a dúvida se atuará como lateral ou extremo.

citacaoBuffon, Barzagli, Rugani, Chiellini e Bernardeschi estarão sob vigilância atenta do jogador do Sporting, num encontro que será disputado na cidade de... Turim, mas no estádio do rival Torino

Desta forma, o reforço do Sporting para 2017/18 terá a oportunidade de detetar eventuais debilidades de Buffon, Barzagli, Chiellini, Rugani e Bernardeschi - quinteto da Juventus convocado por Giampiero Ventura para a Azzurra - e passar algumas notas importantes a Jorge Jesus sobre esses jogadores, particularmente dos quatro primeiros, que têm sido o "cimento" da retaguarda da Vecchia Signora.

Em terras transalpinas, Ristovski tem sido apontado como um dos jogadores a merecer mais atenção por parte do selecionador Giampiero Ventura por estar bem identificado com o futebol italiano: defendeu Parma, Latina, Frosinone, Crotone e Bari durante quatro épocas até se transferir para o Rijeka, onde brilhou a grande altura ao ponto de suscitar o interesse do Sporting. Pandev (colega de Miguel Veloso no Génova), Trajkovski e Nestorovski (ambos do Palermo) são os outros jogadores referenciados como potenciais ameaças a uma seleção italiana que, face à derrota de setembro com a Espanha, deve estar "condenada" ao play-off.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon