Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Robben: "Ancelotti? Não vou responder a essa pergunta"

Logótipo de O Jogo O Jogo 28/09/2017 Pedro Rocha

O médio não fez parte do onze inicial do Bayern contra o PSG e evitou pronunciar-se sobre o treinador

© REUTERS/Charles Platiau

O médio Arjen Robben fez disparar os alarmes de uma possível rutura no balneário do Bayern de Munique. O holandês apareceu perante a comunicação social após a derrota do Bayer por 3-0 contra o Paris Saint-Germain no Parque dos Príncipes.

Quando interpelado por um jornalista sobre se o plantel apoia o treinador Carlo Ancelotti, o holandês respondeu: "Não vou responder a essa pergunta". "Foi uma derrota dolorosa e podemos falar sobre isso", juntou Robben, que não figurou no onze inicial da equipa bávara. O treinador italiano escolheu James Rodríguez e Corentin Tolisso, substituídos ao intervalo por Coman e Rudy, respetivamente, quando a equipa já perdia por 2-0, enquanto o internacional pela da seleção da Holanda entrou somente aos 69 minutos.

Confrontado com as opções tomadas por Ancelotti, Robben foi evasivo: "Não vou dizer nada sobre isso, porque cada palavra é demais". "O mais importante é que agora somos uma equipa, precisamos de paz, e todos aqueles que expressam sua insatisfação não ajudam a equipa", completou.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon