Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rodrigo Jóia sucede a Luís Horta na ADoP

Sportinveste 18/06/2014 Fonte: Sportinveste Multimédia
Belozoglu condenado a 45 dias de prisão por racismo © Sportinveste Multimédia Belozoglu condenado a 45 dias de prisão por racismo

Rodrigo Jóia é o novo presidente da Autoridade Antidopagem de Portugal (ADoP), sucedendo no cargo a Luís Horta, que deixa o lugar para ingressar na Autoridade Brasileira de Controlo de Dopagem (ABCD).

O novo diretor da ADoP, que exercia funções na Polícia Judiciária (PJ), como inspetor, já foi nomeado pelo secretário de Estado do Desporto e Juventude, Emídio Guerreiro.

A nomeação segue-se ao parecer favorável da Comissão de Recrutamento e Seleção Para a Administração Pública (CReSAP), a pedido do secretário de Estado.

Rodrigo Jóia é licenciado em Direito com mestrado em Medicina Legal e Ciências Forenses. Exercia funções na Polícia Judiciária, como inspetor, na área do combate ao crime económico, tendo colaborado no Departamento Central de Investigação do Tráfico de Estupefacientes, atualmente designado por Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes.

Luís Horta, médico que trabalhou nos organismos de combate ao doping em Portugal nos últimos 18 anos, terminando como presidente da ADoP, vai para o Brasil assumir funções na entidade homóloga daquele país, com vista à preparação dos Jogos Olímpicos do Rio'2016.

Fonte: OJOGO

AdChoices
AdChoices
image beaconimage beaconimage beacon