Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Rogério Ceni após saída do São Paulo: "Peço desculpas se falhei"

Logótipo de O Jogo O Jogo 07/07/2017 Alcides Freire
© Fornecido por O jogo

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros, já anunciou como novo técnico Dorival Júnior, até ao final de 2018.

O ex-guarda-redes Rogério Ceni, que se demitiu como treinador do São Paulo na segunda-feira, pediu desculpa aos adeptos pelos maus resultados da equipa brasileira e reconheceu que assumir o cargo foi "muito arriscado". "Peço desculpas se falhei, mas o que me moveu neste projeto foram os riscos para conquistar a glória", disse Ceni, de 44 anos, numa mensagem publicada nas redes sociais.

O ex-guarda-redes foi despedido na segunda-feira, apenas seis meses depois de assumir o comando técnico da equipa, tendo sido esta a sua primeira experiência enquanto treinador profissional, após 25 anos a defender a baliza do mesmo clube.

Apesar de "arriscado", o brasileiro afirmou ainda que nunca teria aceite o cargo se não estivesse "preparado para ele", uma vez que o risco faz parte da sua vida e do mundo do futebol.

Ceni foi despedido depois de catorze vitórias, treze empates e dez derrotas em 37 jogos no comando técnico da equipa e deixa-a no 17.º posto do campeonato brasileiro, com apenas três vitórias nas primeiras 11 jornadas do Brasileirão.

O presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros, já anunciou como novo técnico Dorival Júnior, até ao final de 2018.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon