Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Roglic vence quarta etapa e De la Cruz mantém liderança da Volta ao País Basco

Logótipo de O Jogo O Jogo 06/04/2017 Mónica Santos

Tiago Machado (Katusha), na 40ª posição, foi o melhor português na tirada que terminou com o esloveno - vencedor da Volta ao Algarve de 2017 - na frente.

© Fornecido por O jogo

O esloveno Primoz Roglic (Lotto NL-Jumbo) venceu, esta quinta-feira, a quarta etapa da Volta ao País Basco, prova que continua a ser liderada pelo espanhol David de la Cruz (Quick-Step Floors).

O vencedor da Volta ao Algarve de 2017 gastou 4:23.46 horas para cumprir os 174,1 quilómetros entre San Sebástian e Bilbau, cortando isolado a meta, depois de ter atacado nos quilómetros finais.

Num percurso com duas contagens de montanha de segunda categoria, a última a menos de 15 quilómetros da meta, Roglic deixou a dois segundos o primeiro grupo perseguidor, após uma queda ter partido o pelotão.

O australiano Michael Mathews (Sunweb) e o italiano Giovanni Visconti (Barhain Merida) lideravam o pelotão, no qual estava David de la Cruz, que manteve a liderança da geral, com um segundo de avanço sobre Roglic e três sobre o polaco Michal Kwiatowski (Sky).

O grande azarado da ronda acabou por ser o espanhol Alberto Contador, que caiu duas vezes, teve um furo e teve de mudar duas vezes de bicicleta, cortando a meta a 1.27 minutos de Roglic.

Tiago Machado (Katusha) foi o melhor português, na 40.ª posição, a 1.28 minutos do vencedor, mas caiu três lugares para a 35.º da geral, a 1.29 minutos do líder.

André Cardoso (Trek) foi 71.º posicionado, a 3.37 minutos de Roglic, Rafael Reis (Caja Rural) terminou em 121.º, a 9.12.

Na geral, André Cardoso subiu ao 63.º posto, a 9.20 da liderança, enquanto Rafael Reis ascendeu a 116.º, a 25.55.

Na sexta-feira, disputa-se a quinta etapa, num circuito de 139,8 quilómetros, entre Bilbau e Eibar, com seis contagens de montanha, a última de primeira categoria a coincidir com a meta.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon