Ao utilizar este serviço e o conteúdo relacionado, concorda com a utilização de cookies para análise, anúncios e conteúdos personalizados.
Está a utilizar uma versão de browser mais antiga. Utilize uma versão suportada para obter a melhor experiência possível com o MSN.

Roland Garros: Petra Kvitova deixa decisão de participar para a última hora

Logótipo de O Jogo O Jogo 23/05/2017 Hugo M. Monteiro

A tenista checa está a recuperar de um corte na mão esquerda.

A tenista checa Petra Kvitova, a recuperar de um corte na mão esquerda, após um assalto, em dezembro de 2016, decide "à última da hora" se irá participar no torneio de Roland Garros, anunciou segunda-feira o seu porta-voz.

"Não é por acaso que ela figura entre a lista de jogadores para participar no torneio Roland Garros. A decisão será tomada à última da hora", declarou à comunicação social o porta-voz da tenista checa, Karel Tejkal.

© Reprodução/Facebook Federação Petra Kvitová

O sorteio dos quadros principais masculino e feminino de Roland Garros, torneio que irá decorrer de 28 de maio a 11 de junho, em Paris, França, está marcado para sexta-feira.

"O que podemos já afirmar é que o objetivo [de Petra Kvitova], a longo prazo, é o de recuperar a forma para estar apta para participar em Wimbledon", acrescentou Karel Tejkal, referindo-se ao torneio que tem o inicio marcado para 3 de julho.

Vencedora por duas vezes em Wimbledon, em 2011 e 2014, a esquerdina checa Petra Kvitova, de 27 anos, foi ferida com uma faca na mão esquerda, em dezembro de 2016, quando se defendia durante um assalto à sua casa, em Prostejov.

A também medalha de bronze dos Jogos Olímpicos Rio'2016 sofreu lesões nos cinco dedos e em dois nervos da mão esquerda, aquela que usa para segurar a raquete, que a levaram a uma operação cirúrgica e a uma paragem de cerca de seis meses.

AdChoices
AdChoices

Mais de O Jogo

image beaconimage beaconimage beacon